COMPORTAMENTO | Entrevista

Rosane Fransozi responde: Afinal, quem precisa de regras de etiqueta?
A profissional acredita que “saber se comportar, é ter empatia com o próximo, transmite respeito e autoconfiança.”

Ter postura e comportamento adequados, seja em casa, na rua ou no trabalho. Isso é um pouco do que Rosane Fransozi ensina. Ela é Consultora de Etiqueta e Mesa Posta.

A profissional conta que depois que os filhos cresceram e se formaram (ambos são médicos, como o pai, Ari Celso), ela percebeu que era a hora de pensar nela. “Ver meu ‘ninho’ vazio, me fez perceber que era hora de pensar em mim. Em plena pandemia, resolvi investir em uma das coisas que mais amo, aprender. Hoje, sinto-me totalmente pronta para passar o que aprendi, porque eu considero que saber se comportar, é ter empatia com o próximo, transmite respeito e autoconfiança,” afirma.

Rosane Fransozi avalia que etiqueta, não é frescura. “Etiqueta social não é só uma questão de ser elegante, pois está ligada a educação e a forma de melhorar o convívio através de habilidades que melhoram sua autoconfiança.”

 
Mesa posta não é frescura. Rosane afirma que todos adoram sentar e fazer uma refeição em uma mesa preparada e organizada com amor. “O universo da mesa posta nos envolve com seu encanto, em bem receber e proporcionar momentos únicos, para nossa família e amigos.”
 
Confira a entrevista com a profissional!

  
Conte um pouco sobre você.
Nasci em Pelotas-RS, mas hoje resido em Xaxim-SC. Sou casada com Ari Celso e tenho dois filhos médicos, Juliano e Ariane Fransozi.
 
Qual sua formação?
Sou formada em Processos Gerenciais, com MBA em Gestão de Pessoas. E para ser uma consultora de etiqueta e Table Decor, fiz cursos com IPE (Instituto e Protocolo e Etiqueta), com Juliana Santiago, na Socila Escola, com Beth Fontes; Escola Brasileira de Etiqueta, com Patrícia Junqueira e Leonardo Prevo; e Personal Welcome.
 



Por que resolveu se dedicar a ensinar sobre etiqueta social, etiqueta profissional e mesa posta?
Eu resolvi me dedicar pois eu acredito que está faltando empatia com o outro, gentileza e respeito através das atitudes. E a mesa posta porque é amor e quando você arruma um mesa bonita com o que você tem, a família tem prazer em sentar e compartilhar momentos juntos.
 
Para quem não entende, afinal o que é etiqueta social e profissional?
Etiqueta social é um conjunto harmônico de atitudes, gestos, palavras, voz, fisionomia e trajes. Etiqueta profissional é saber comportar-se no trabalho. São relacionamentos entre funcionários e seus superiores. Essas etiquetas vão mostrar a nossa melhor versão para com o outro através de nossas atitudes.
 
Mas que tipo de profissionais precisam de etiqueta? Isso é exclusivo para empresários, pessoas que trabalham em escritório e ambientes refinados?
Todos os tipos de pessoas necessitam etiquetas, desde um faxineiro até um empresário, pois em todos os ramos profissionais, a educação e o respeito com o próximo devem ser relevantes.

 

Rosane, é possível citar posturas, gestos e atitudes que são consideradas antiéticas, ou que ferem as normas de etiqueta?
Sim. No meu Instagram eu já posto algumas maneiras de como devemos nos comportar. Por exemplo, caminhando na rua com o namorado, tomando sorvete, sopa e etc.
 
E ‘mesa posta’, o que significa isso?
É uma mesa decorada, mas respeitando as regras de etiqueta e boas maneiras.
 
Mas isso não é frescura? Por que seguir uma ‘norma’ para arrumar a mesa?
Não. Porque devemos saber onde colocar pratos, talheres, copos, guardanapos e etc.
 
Para ter uma mesa de acordo com os padrões, é preciso investir em acessórios, boas louças, bons talhares e guardanapos?
Não. Você investe realmente no que você precisa, não no que é mais caro. Mas o que você tem em casa, pode virar uma mesa linda, onde todos irão adorar sentar e fazer uma refeição com amor.
 
Para quem não tem condições financeiras, da mesma forma é possível preparar uma linda mesa sem gastar muito? Deixe algumas sugestões que podem ser aplicadas em nosso cotidiano.
Claro. Podemos usar objetos do nosso cotidiano em outras funções. Uma sugestão que eu deixo é que use o que você tem, com criatividade. Como um prendedor de roupas de madeira, que pode servir muito bem como porta guardanapo.

 

Rosane, você lançou um e-book. Que dicas esse material traz?
Esse é um compilado de dicas de etiquetas que resgatei está no meu Instagram.
 
Qual o valor desse e-book? Como as pessoas podem ter acesso?
Está sendo oferecido de graça apenas e você terá acesso através da minha BIO, no Instagram.

 

Você oferece cursos e consultoria individual? Como é o seu trabalho?
Sim, individual e em grupo. Através de um Brifieng, vejo o que a pessoa ou grupo está procurando e escolhemos a melhor estratégia para a consultoria.
 
Como as pessoas podem te encontrar? Deixe seus contatos.
As pessoas podem me contatar através do meu Instagram @rosanefransozi
Esses são os profissionais da Bellidigital (foto) que estão me ajudando.






VEJA TAMBÉM



COMPORTAMENTO  |   26/11/2021 16h52





COMPORTAMENTO  |   24/11/2021 15h30


COMPORTAMENTO  |   18/11/2021 16h02