ARTE E CULTURA

LANÇAMENTO: "As Contestadas" - Um fôlego de cura na história da Mulher
As Contestadas: grito preso na garganta de toda uma ancestralidade tem lançamento marcado para abril


Cantora Rafaela Ventz


O reflexo de uma vida, a herança do feminino cheio de dor, sentida por muitos e conhecida por poucos traduzido em música. O álbum As Contestadas, interpretado pela cantora Rafaela Ventz, será lançado no dia 15 de abril, no canal do Youtube da cantora, Rafaela Ventz, no Spotify, em mais 150 plataformas no mundo todo e posteriormente no site do projeto (ainda em desenvolvimento). O projeto "Contestadas - Da participação feminina na Guerra do Contestado", premiado pelo edital estadual de incentivo à Cultura Elisabete Anderle/2020, conta com seis canções: "Alumia", "Maria Ninguém", "Minha Alma", "Ver Cabocla", "Ocre Bugre" e "Rio Abaixo". Letras e melodias que inspiram o olhar para a ancestralidade e a fazermos todos um pouco diferente, sem julgamentos.
A iniciativa tem o objetivo de reconhecer e reescrever a trajetória dessas mulheres, por muito tempo contestadas, consideradas fanáticas, farsantes, usadas e abusadas pelo poder masculino. E que também exerceram papel político, social e militar, sendo que muitas delas morreram em combate. São protagonistas de uma era, tratadas como secundárias na região do Contestado, que deixaram o rastro da dor do preconceito, herdado até hoje na região. "Um dos projetos mais importantes da minha vida, que fez com que eu me apaixonasse de novo pela minha história,  e que desencadeou a busca pelo entendimento da própria maneira de ser e reconhecer e me empoderar dessa força feminina", relata Rafaela Ventz.


HERANÇA
Projeto honra a identidade de uma população
A Guerra e suas consequências para a população da região do meio-oeste catarinense inspirou a cantora caçadorense Rafaela Ventz a trazer à tona a história contestada.  Por meio do projeto, as mulheres que herdaram o preconceito e sofrem com a violência doméstica ganharam voz.  O repertório fortalece a identidade regional da comunidade de Caçador e região. O projeto tem o objetivo de promover uma visão abrangente dos papéis femininos durante o massacre ocorrido entre os anos de 1912 e 1916 que não sangra, mas ainda dói.

SAIBA MAIS
Mas o que foi a Guerra do Contestado?

A maioria das pessoas nunca ouviu falar da Guerra do Contestado, que exterminou um povo e apagou a sua história, gerando a maior desigualdade socioeconômica do estado de Santa Catarina. 



Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




VEJA TAMBÉM



ARTE E CULTURA  |   09/05/2022 18h00





ARTE E CULTURA  |   27/04/2022 14h33


ARTE E CULTURA  |   19/03/2022 16h01