JUSTIÇA | Violência

Itajaí implementa projeto para auxiliar mulheres e crianças vítimas de violência doméstica
A iniciativa tem como objetivo oferecer suporte psicológico e protetivo


A iniciativa tem como objetivo oferecer suporte psicológico e protetivo

O Município de Itajaí, por meio da Guarda Municipal e da Guarda de Proteção à Criança, Adolescente e Idoso (Gpcami), implementou o “Programa Enfrente”. A iniciativa é voltada a mulheres e seus filhos, vítimas de violência doméstica. O projeto consiste em um acompanhamento psicológico e protetivo de forma gratuita e contínua.

A violência doméstica, segundo a Lei Maria da Penha, não consiste apenas em violência física, mas também moral, psicológica e patrimonial, sendo que todas essas formas provocam diversos traumas para quem vive neste contexto.

Por meio da Gpcami, é realizado um atendimento especializado voltado às mulheres que foram vítimas de agressão por parte de seus companheiros ou outra pessoa. A vítima recebe todo o acompanhamento necessário e os guardas realizam a Ronda Maria da Penha em seu endereço constantemente para evitar que o agressor se reaproxime, além de proporcionar uma rede de apoio à mulher.

O "Programa Enfrente" foi desenvolvido junto ao setor de Psicologia da Univali. A vítima é encaminhada para este setor e passa por atendimento psicológico semanalmente. O objetivo da iniciativa é minimizar os danos psíquicos que envolvem a situação de violência doméstica, além de reestruturar e fortalecer esta mulher, trabalhando para que ela consiga, por si só, romper o vínculo de modo definitivo com o agressor.

"Com o projeto esperamos que as vítimas de violência doméstica se fortaleçam e consigam romper o vínculo afetivo com agressor. Esperamos ainda evitar que ocorra a reincidência criminal, cumprindo a missão da Guarda Municipal que é atuar preventivamente junto à comunidade", ressalta o coordenador da Guarda Municipal, Marco Antonio Otavio.

As mulheres que sofreram ou sofrem violência doméstica e desejam ser incluídas no programa, podem entrar em contato com a Guarda Municipal de Itajaí através no número 153 ou pelo whatsapp (47) 98902-2048. A triagem será feita através de atendimento realizado pela Guarda de Proteção à Criança, Adolescente e Idoso (Gpcami).
 




VEJA TAMBÉM