SAÚDE | Entrevista

“Odontologia é um sonho de infância”, diz Tininha Gomes conhecida mundialmente como mestra da anatomia dental

O sonho de criança que virou realidade e ultrapassou os consultórios ganhando o mundo, assim a profissional Tininha Gomes se destaca como Cirurgiã e Especialista em Prótese e Dentística. Os desafios da vida, não a impediram de seguir a carreira de Odontologia, que precisou ser adiada, mas aos 34 anos, casada e mãe, ela foi para os bancos escolares e de lá, virou professora em mais de 10 países, além de escritora na área de estética bucal e reconhecida mundialmente como uma mestra da anatomia dental. Por suas mãos, passam o desafio de devolver um sorriso e uma vida de qualidade para centenas de pessoas.
Confira nesta entrevista exclusiva que a Tininha deu ao Sou Catarina!

 
Quem é Tininha Gomes?
Tininha Gomes é uma cirurgiã-dentista, com duas especialidades: prótese e dentística, ambas voltadas para área estética. É professora em mais de 15 países e no Brasil, autora de dois livros internacionais de anatomia dental. Mora em Joinville/SC e é casada com Reinaldo Nascimento, há 25 anos, mãe da Luiza Helena (21 anos) e Ana Laura (20 anos).

 
Como decidiu e iniciou na profissão?
Na realidade o sonho de me tornar cirurgiã-dentista vem desde os meus 11 anos de idade, quando fiz um tratamento dentário e me encantei com este universo da odontologia. Sou capixaba, me casei com um capixaba, viemos morar em Joinville na época em que passei para Odontologia na federal do Espírito Santo. Na época, não cheguei a realizar a inscrição na federal porque sabia que no próximo mês estaria morando em Joinville. Como aqui na época não tinha faculdade de Odontologia, decidi fazer outro curso da área da saúde e cursei quatro anos de Fisioterapia, me especializando em neurologia. Antes ainda de ser dentista, quando eu havia já finalizado minha carreira como fisioterapeuta, fui técnica em prótese dentária para auxiliar meu marido no laboratório que ele possuía há alguns anos. Somente depois, quando minhas filhas já estavam mais velhas, ingressei na faculdade de odontologia, já com 34 anos. Cursei os cinco anos integrais de odontologia e me formei em 2012. Como fisioterapeuta, eu era realizada profissionalmente, mas sabia que era uma carreira difícil de alcançar grandes rumos. Também, uma de minhas filhas veio a ter um problema neurológico, o que me deixou bastante abalada para retornar à minha carreira de fisioterapeuta, justo na mesma área da enfermidade da minha filha. Então, ficou muito difícil para mim voltar a ser uma fisioterapeuta na área de neurologia, após minha filha ter passado por um problema nessa área. Foi onde optei por ajudar meu marido e ingressei no curso técnico de prótese dentária.
 
Você já passou por diferentes atividades até ser odontóloga, nos conte quais foram os desafios nesse caminho?
Como protética, sempre tive total apoio do meu esposo Reinaldo Nascimento, porém meu desafio como mulher estava nos palcos de congressos nacionais e internacionais. Porque os grandes congressos eram praticamente de corpo docente masculino, então, foi um grande desafio para mim, como mulher, alcançar os rumos que alcancei como protética, tanto no setor educacional de aulas, palestras e congressos internacionais quanto como autora de livro.

 
Uma passagem em sua história foi o deixar para trás a carreira de fisioterapeuta, como foi esse processo?
A fisioterapia entrou na minha vida muito por acaso. Como não havia ainda na cidade a faculdade que eu desejava, de Odontologia, optei por fazer fisioterapia que também é da área da saúde. Sempre estudei muito e me destaquei muito rápido na área em Joinville, como uma fisioterapeuta na área de pediatria. Porém, eu não alcançava tudo o que eu desejava para uma carreira de excelência. Ainda tive que interromper minha carreira para cuidar da minha filha, justo na área da minha especialidade. Tudo isto tornou muito difícil o meu retorno para a carreira de fisioterapeuta.
 
Você é uma pessoa que sempre esteve em busca da odontologia, como foi nascendo esse amor pela profissão?
Odontologia é um sonho de infância, porém esse amor pela Odontologia aumentou muito desde que ingressei na faculdade, onde pude vivenciar o universo da Odontologia e me encantei. Busquei aperfeiçoar técnicas, estudei muito, desenvolvi técnicas e isto hoje me torna uma profissional no mercado internacional.

 
Qual a sua área de atuação e quais os serviços mais procurados?
Como hoje sou conhecida mundialmente como uma mestra da anatomia dental, tenho muita facilidade para desenvolvimento da forma e cor de dentes anteriores, ou seja, da estética. Então hoje, o serviço mais procurado dentro da minha clínica é realmente devolver a estética dos sorrisos, inclusive casos muito desafiadores que hoje são minha rotina clínica. O serviço mais procurado na minha clínica são cerâmicas odontológicas e resinas compostas para solucionar casos estéticos.

Por: Joimara S.Camilotti


Galeria de Fotos:





VEJA TAMBÉM



SAÚDE  |   17/12/2021 17h19